Connect with us

Cachoeiro de Itapemirim

Pré-escola da rede municipal de Cachoeiro ganha material didático inédito

Postado

em

Pré escola da rede municipal de Cachoeiro ganha material didático inédito

Novos livros vão incrementar atividades pedagógicas para crianças de 4 e 5 anos Foto: Márcia Leal/PMCI

De forma inédita, na rede pública municipal de educação de Cachoeiro, alunos da pré-escola contarão com livros didáticos específicos para essa etapa do ensino, que atende crianças de 4 e 5 anos.

A chegada do material às escolas foi marcada pela entrega realizada, na manhã desta segunda-feira (10), na Emeb “Dr. Pedro Nolasco Teixeira Resende”, com a participação do vice-prefeito Ruy Guedes e da secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

A secretária explica que, com um planejamento bem estruturado feito pelos professores, os livros facilitarão o desenvolvimento de habilidades importantes nessa fase da educação infantil.

“O livro didático vai contribuir para melhoria na qualidade do atendimento educacional na pré-escola e na preparação para a alfabetização, que começa, formalmente, no 1º ano do ensino fundamental”, avalia Lens, lembrando que a educação infantil da rede municipal recebeu investimentos em importantes recursos pedagógicos em 2020, como novos jogos e brinquedos educativos.

A partir dos campos de experiências da educação infantil propostos pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os materiais promoverão dinâmicas de aprendizagens interativas, valendo-se de temáticas que costumam povoar o imaginário infantil e ampliar o universo de experiências, conhecimentos e habilidades, diversificando o repertório cultural do aluno e consolidando novas aprendizagens.

Os campos de experiências propostos pela BNCC são: o eu, o outro e o nós; corpo; gestos e movimentos; traços, sons, cores e formas; escuta, fala, pensamento e imaginação; espaços tempo, quantidades, relações e transformações. O material também aborda os seis direitos de aprendizagem dispostos na Base: conviver, brincar, participar, explorar, expressar e conhecer-se.

“Os livros fortalecerão os processos de ensino e de aprendizagem, compondo múltiplas possibilidades para a integração do aluno, professor e família, desenvolvendo habilidades cognitivas, físicas, sociais e afetivas”, destaca a secretária.

Plano Municipal de Educação

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Seme), a proposta está em sintonia com o Plano Municipal de Educação, no que diz respeito ao fomento da qualidade da educação básica em todas as etapas e modalidades.

Nos próximos dias, as escolas entrarão em contato com os pais para que façam a retirada do novo material, diretamente, nas unidades. Os livros serão usados, primeiro, nas atividades pedagógicas não presenciais e, a partir de 7 de junho, também nas escolas, com o início do retorno das turmas de pré-escola às aulas presenciais do sistema de ensino híbrido adotado durante a pandemia.

Tags relacionadas: Educação