Connect with us

Cachoeiro de Itapemirim

Policlínica Municipal de Cachoeiro oferece tratamento inovador para feridas

Postado

em

Consulta é destinada a pacientes encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde Foto: Divulgação/PMCI

Neste mês, a Policlínica Municipal Bolívar de Abreu (Centro Municipal de Saúde) passou a oferecer aos cachoeirenses um tratamento inovador para feridas. Trata-se de técnica que aplica prótese de polipropileno nas lesões, para proteger e estimular a cicatrização da área lesionada.O procedimento é realizado pelo próprio criador da técnica, o ortopedista Leandro Figueiredo, que atende na Policlínica às quartas-feiras. Para ser consultado pelo médico, o paciente precisa ter encaminhamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Na consulta, o profissional avalia se a lesão pode ou não ser tratada com a técnica. O método é aplicado, principalmente, em feridas graves nos dedos, palma da mão, dorso da mão e dorso do pé.

No início do mês, Leandro Figueiredo realizou uma aula inaugural para apresentar a técnica às equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

“É um procedimento de baixo custo e muito eficaz, porque atua no foco da lesão. Os principais objetivos do tratamento são evitar a perda de sensibilidade, manter a função do órgão, diminuir a dor e melhorar a estética”, explica o médico.

A enfermeira Juliana Lupim, responsável da Semus por encaminhar as demandas das unidades básicas pelo novo serviço, enumera as vantagens da técnica.   

“Vai ajudar muito os pacientes com feridas. É um tratamento menos invasivo, não precisa fazer curativo todos os dias e a ferida cicatriza mais rápido. Já encaminhamos para atendimento os primeiros pacientes que foram solicitados pelas UBS”, avalia.

O secretário municipal de Saúde, Alex Wingler, destaca que a oferta do novo serviço é de extrema importância, principalmente, para os pacientes com feridas crônicas, que não tinham um local apropriado para fazer o tratamento.“Agora, eles têm um lugar especializado, com um profissional de excelência para realizar a técnica, que tem eficiência clínica comprovada”, frisa.

Tags relacionadas: Saúde