Connect with us

Destaque

Força-tarefa registra 3,7 mil atendimentos no sul do Estado

Postado

on

O levantamento realizado pela equipe da força-tarefa coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) aponta que foram realizados 3.757 atendimentos nos municípios do sul do Estado. Entre eles estão Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta, Rio Novo do Sul, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo e Iúna. Os atendimentos tiveram início no dia 28 de janeiro e continuam ao longo desta semana.

Durante os atendimentos foi possível receber orientações sobre crédito e tratamento tributário diferenciado para empresas afetadas; emissão de laudo da Defesa Civil Estadual; atendimento jurídico com agendamento, além de cadastro para consultorias gratuitas do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“Foi extremamente importante a rápida resposta do Estado nos atendimentos aos empresários e à população afetada. Assim é possível que as pessoas restabeleçam suas vidas e a economia das cidades seja recuperada”, destaca a gestora da força-tarefa, Fabrine Schwanz.

Nesta terça-feira (11), começam os atendimentos nos municípios de Alegre e em Muniz Freire. Em Alegre, foi estabelecida uma parceria com a Sala do Empreendedor do município e com o Banestes para atender aos empresários afetados, na sede da sala, situada na Rua Doutor Chacon, 212, no Centro. Já em Muniz Freire, os atendimentos estão destinados à pessoa física, com apoio do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual.

Visita

Na última sexta-feira (07), o secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, e o subsecretário de Estado de Integração e Desenvolvimento Regional, Paulo Menegueli, visitaram os pontos de atendimento da força-tarefa localizados nos municípios de Iúna, Castelo e Cachoeiro de Itapemirim.

Durante o encontro, eles se reuniram com os prefeitos de Iúna, Weliton Pereira; de Castelo, Domingos Fracaroli; e de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho.

Kneip esclarece que as atividades que a força-tarefa executa têm o objetivo de simplificar e dar celeridade à retomada do ambiente econômico dos municípios atingidos pelas chuvas. “Observamos que as ações estão funcionando positivamente para o benefício da população e dos empresários afetados. Aos poucos, as atividades diárias e a economia das comunidades atingidas serão retomadas”, diz o secretário.  

Comente Aqui!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *