Connect with us

Destaque

Fernando Magalhães, natural de Marataízes embarca para o Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, no Rio de Janeiro

Postado

on

O contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Fernando Magalhães, conhecido como Fernandão, embarca, nesta quarta-feira (23), para disputar a primeira etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open 2020/2021. A competição, que acontece entre os dias 24 e 27 deste mês, será realizada no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema, Rio de Janeiro.

Ao todo, o torneio organizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) recebe 32 equipes masculinas. Esta será a primeira vez, desde o início da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), que Fernandão vai participar de uma competição oficial ao lado do paraibano Harley Marques, sua dupla oficial.

Muito feliz por voltar às quadras, o atleta, que disputou um torneio preparatório no último final de semana, comentou sobre o que espera neste reinício.

“Neste começo, é muito difícil dizer o que esperar da competição, pois acredito que todos nós atletas estamos na mesma, retornando às competições oficiais agora. Meu foco, como sempre, é ir em busca do título”, afirmou Fernandão.

Protocolos sanitários

A CBV adotou diversos protocolos de segurança para evitar o contágio pela Covid-19, como exigir dos atletas um teste para a doença com dez dias de antecedência ao torneio. Além disso, todos serão submetidos a um questionário, terão a temperatura aferida e realizarão um teste de oximetria e um novo para o Coronavírus, após desembarcarem no local da competição.

Os atletas e toda a equipe técnica que entram no Centro de Treinamento de Saquarema só podem sair do complexo após serem eliminados ou no último dia da competição. Além das medidas já citadas, o torneio foi divido entre os gêneros para evitar uma maior aglomeração. O jogo final das equipes femininas foi disputado no último domingo (20) e sagrou as campeãs Ana Patrícia (MG) e Rebecca (CE).

Bolsa Atleta

Contemplado na categoria nacional do programa Bolsa Atleta, Fernandão parabenizou o Estado e expressou sua gratidão por todo o suporte dado pela Sesport. Segundo ele, esse apoio financeiro foi essencial para que os atletas passassem pelo momento crítico de pandemia.

“O Estado está de parabéns. Eu só tenho a agradecer ao Bolsa Atleta, que nos apoiou durante todo esse tempo. O programa foi fundamental para que nós atletas conseguíssemos passar por tudo até agora. Muitos vivem das premiações dos torneios, então o benefício serviu para nos manter e também auxiliou na compra dos nossos suprimentos”, disse Fernandão.

O programa Bolsa Atleta beneficia, neste ano, 121 atletas e paratletas de alto rendimento. Os valores do auxílio mensal variam de acordo com a categoria do atleta dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico).

Comente Aqui!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *