Connect with us

Esporte

Copa dos Servidores de Futebol Society de Itapemirim chega em fase decisiva

Postado

on

A Copa dos Servidores de Futebol Society de Itapemirim teve sua 8ª rodada concluída nesta quarta-feira, 06 de novembro e tem atraído grande público para assistir as partidas. Na chave A, à liderança está com o a Secretaria de Transporte que tem 6 pontos, na chave B, quem lidera é a Policia Civil também com 6 pontos, já na chave C, as equipes da Saúde e Defesa Social lideram com 6 pontos cada e na chave D, limpeza Pública também segue na frente com seis pontos.  

A Copa dos Servidores é realizada pelo município, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer e teve seu início no mês de outubro. As partidas são realizadas sempre nas noites de segundas, quartas e sextas-feiras, divididos em quatro grupos, que são: Grupo A (Regional Piabanha, Narciso Araújo, SAAE e Transporte), Grupo B (Câmara, Regional Itaipava, Usina de Asfalto e Polícia Civil), Grupo C (Saúde, Administração, Obras e Defesa Social) e Grupo D (Limpeza Pública, SVA e Educação).

A competição está sendo realizada no Campo Society ao lado do Ginásio Municipal Rennan Gois, na Vila do Itapemirim. Onde o município está homenageando Sr. Orlando Rangel de Freitas, funcionário do SAAE, falecido neste mês de setembro de 2019, e que no ano 2018 estava à frente da equipe da autarquia e era um dos grandes incentivadores da pratica esportiva no bairro de Campo Acima, onde morava.

Para concluir a primeira fase da Copa dos Servidores de Futebol Society de Itapemirim, ainda serão realizadas mais três rodadas, onde classificarão duas equipes de cada grupo, para determinar o chaveamento das quartas de finais que serão realizadas em partidas únicas. Os vencedores das quartas de finais avançarão às semifinais, de onde saíra as duas equipes finalistas.

Segundo Ana Carla Araújo Wichelo, Secretária Municipal de Esportes de Itapemirim, a Copa dos Servidores de Futebol Society tem sido um grande sucesso e já era aguardado por todos os servidores que amam o esporte.

“Essa é uma maneira de proporcionar aos nossos servidores a oportunidade de praticar esse esporte tão amado por nós brasileiros. Vemos que dentro das quatro linhas não há separação, todos são iguais e se divertem e extravasam, deixando de lado o estresse que muito afeta os trabalhadores”, conclui Ana.