Connect with us

Destaque

1ª Casa Rosa do Sul do Estado, mantém excelência nos atendimentos na Vila do Itapemirim

Postado

em

A Casa Rosa de Itapemirim, que cuida da saúde da mulher e é referência para todos os casos que envolvam a saúde feminina desde o início da vida sexual, gestação e aleitamento materno, foi inaugurada na Vila de Itapemirim, em fevereiro de 2018, com um espaço dedicado exclusivamente voltada à saúde da mulher, e este, tem mantido um nível alto de excelência nos atendimentos. Antes da Casa Rosa, os atendimentos de pré-Natal de alto risco, aconteciam na Unidade de Saúde Maria da Penha. A Casa Rosa não teve seus atendimentos interrompidos por conta da pandemia.

Na manhã desta quarta-feira, 26 de agosto, participaram de uma importante reunião nas dependências da Casa Rosa, Zélia Rita Kock Ferreguette Costa, Secretária de Saúde, Dr. Edvaldo Peçanha, Subsecretário de Saúde, Larisse Duarte, Assistente Social da Casa Rosa, Luciana Peçanha Lopes, presidenta do Sistema de Comando Operacional (SCO), juntamente com a Drª. Mara Lucia Sturzeneker, Ginecologista e Obstetra, que elaborou o projeto da Casa Rosa e apresentou a prefeitura, que não mediu esforços para viabilizar esse sonho de todas mulheres do município de Itapemirim. A reunião teve a finalidade de mostrar os resultados expressivos, com mais de 5 mil atendimentos durante os últimos 4 anos, assim como traçar metas e apresentar novos projetos de ampliação dos serviços de saúde a mulher.

Segundo Drª. Mara Lucia Sturzeneker, o local conta com uma equipe multidisciplinar com profissionais da saúde, entre eles, Obstetra, ginecologista, psicóloga, nutricionista, assistente social, enfermeira e técnica em enfermagem, que atendem média de 400 paciente por mês, nas diversas especialidades. O local é uma referência para todos os casos que envolvam a prevenção e a promoção da saúde das mulheres, e está localizado em frente ao Cartório Eleitoral, na Vila.

“O local tem a finalidade de preservar a individualidade da mulher, fazendo com que cada paciente seja analisada cuidadosamente com a supervisão de especialistas voltados exclusivamente para a mulher, garantindo assim uma vida saudável. A Casa Rosa de Itapemirim, foi a primeira a ser implantada no sul do Espírito Santo, pois o projeto começou em 2017, antes mesmo de ter um espaço físico e representa um salto de qualidade na vida das mulheres do nosso município. Com a centralização destes atendimentos, elas estão sendo mais valorizadas. O nosso objetivo é promover cidadania e elevar a autoestima feminina”, disse Drª. Mara Sturzeneker.

Os participantes da reunião, analisaram e aprovaram que a ampliação e construção de novas salas serão de suma importância para melhorar ainda mais o atendimento as mulheres do município. Outra importante decisão foi estudar a viabilização para implantar uma sala, onde a ginecologista insira na mulher o Diu. O DIU é um contraceptivo que só pode ser colocado na mulher por um médico ginecologista. Somente esse profissional é autorizado e habilitado para inserir o dispositivo no interior do útero de forma segura e efetiva. Além do Diu, a Casa Rosa voltará a realizar colposcopia e biópsia de colo uterino

A Casa Rosa funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h, na Rua Melchíades Félix de Souza, em frente ao cartório eleitoral da Vila de Itapemirim. Mais informações podem ser obtidas pessoalmente na própria Casa Rosa, na Secretaria Municipal de Saúde ou pelo telefone (28) 3529-6034.